Compensação de cheques acima de 1000 reais: quanto tempo demora?

O cheque é uma ordem de pagamento que pode ser à vista ou a prazo. Isso significa que, ao passá-lo, o emissor dá uma ordem para o banco fazer o pagamento de um determinado valor ao beneficiário.

Mesmo sendo um forte costume no país, ainda surgem inúmeras dúvidas referentes ao seu uso e uma delas é o tempo de compensação para cheques acima de R$1000. Caso essa seja sua dúvida fique tranquilo, pois iremos respondê-la neste artigo!

Com a ascensão de meios de pagamentos instantâneos como o PIX, e online como TED e DOC, o uso do cheque para pagamentos tem caído. Assim, é cada vez mais comum dúvidas sobre seu funcionamento. 

Como funciona a compensação de um cheque?

A ação de compensar um cheque é realizada por um sistema entre bancos, que consulta o saldo informado e verifica se há fundo disponível.

Após a confirmação de que há fundo, o próprio sistema do banco credita o valor na conta do beneficiário.

Pode parecer um processo extenso, porém tudo é feito automaticamente pelos sistemas dos bancos envolvidos.

Quanto tempo demora para compensar cheques acima de R$1000

Quanto tempo demora para compensar cheques acima de R$1000

Independente se o valor vai se movimentar entre o mesmo banco ou entre instituições diferentes o prazo de compensação é o mesmo. Também não importa se a conta é poupança ou corrente. 

Sendo assim, respondendo uma dúvida comum entre os usuários deste método de pagamento, para cheques de R$1000 a compensação é feita em um dia útil, contando o dia útil seguinte ao do depósito. 

Anteriormente, esse prazo contemplava somente os valores acima de R$300. Saldos inferiores a R$299,99 eram pagos em 2 dias úteis, também contando com o dia útil seguinte.

Entretanto, uma decisão do Banco Central no ano de 2018, a Circular 3.859, reduziu esse prazo pela metade. Sendo assim, toda e qualquer transação por cheque terá o mesmo tempo de compensação.

A medida visa “ganho de eficiência e redução de custo operacionais e financeiros, para todo o sistema”. O Banco Central está atuando em tornar seguras e eficientes todas as suas ferramentas financeiras, o que é um ganho para todos os usuários!

Como depositar um cheque?

Com tantas novidades, até quem não costuma usar esse meio de pagamento deve ficar curioso em relação ao funcionamento. E para realizar um depósito de cheque é bem simples, existem duas maneiras: no caixa eletrônico do seu banco ou direto na “boca do caixa”. Veja a seguir o passo a passo de cada:

Depósito pelo caixa eletrônico

  1. Vá até um caixa eletrônico do banco que você possui conta;
  2. Pegue um envelope para depósito e preencha todas as informações, da mesma maneira que faria no caixa com atendimento humano;
  3. Logo depois, faça os procedimentos iniciais no caixa e escolha a opção “depósito”;
  4. Selecione a conta e clique na opção “cheque”;
  5. Na hora de introduzir o cheque, verifique qual o lado deve ser inserido primeiro. Na própria máquina há essa instrução;
  6. Algumas instituições permitem que você deposite até 10 cheques por vez no caixa eletrônico;
  7. Por fim, a máquina irá imprimir um comprovante de depósito com as informações que você digitou.

Depósito pela “boca do caixa”

  1. Tenha em mãos um documento com foto, o número da sua conta e o próprio cheque;
  2. Na agência, pegue o envelope para depósito, disponível no caixa;
  3. No envelope, descreva todas as informações solicitadas, como: número da conta, o valor e se o depósito é para conta corrente ou poupança;
  4. Depois de preencher tudo, coloque o cheque dentro do envelope;
  5. Vá até um caixa humano, entregue o envelope e solicite em qual tipo de conta você quer efetuar o depósito: poupança ou corrente;
  6. Por fim, você receberá um comprovante ou recibo do depósito solicitado.

Lembrando que para as duas opções, é muito importante que preencha o cheque com a identificação de quem vai receber o valor (cheque nominal) e, preferencialmente, cruzado. Além de, se houver uma data específica para compensação, pré-datar o documento. Dessa forma a transferência é feita da forma mais segura possível.

Caso este artigo tenha lhe ajudado, não deixe de comentar e acompanhar os outros artigos do Nosso Banco Digital!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.